Últimas

Resultados do Programa Milho e Feijão serão apresentados em eventos de início da colheita

Foto: Em Questão

Estão programados três dias de campo em propriedades de produtores de tabaco, um de cada estado do Sul do Brasil.

Abril 2016 - Em abril e maio, serão realizados três eventos de Início da Colheita do Programa Milho e Feijão, ação que incentiva a diversificação e a otimização no aproveitamento dos recursos das propriedades rurais. Um produtor de cada estado do Sul do Brasil vai abrir sua propriedade para receber os convidados do dia de campo de apresentação dos resultados do programa de plantio de grãos após a colheita do tabaco. O primeiro evento será em 26 de abril, na propriedade de Claudiomar Gregori, em Linha Tangerinas, interior de Venâncio Aires, no Rio Grande do Sul.

Em Santa Catarina, o evento será dia 4 de maio, na propriedade do produtor Claudinei Vardenski, em Salto da Água Verde, município de Canoinhas. E no Paraná, o dia de campo será em 17 de maio, na propriedade de Edenilson Scheifer, na Colônia Scheifer, em Ipiranga. Os eventos contarão com a presença dos realizadores do Programa Milho e Feijão, produtores e representantes dos governos estaduais e municipais. Além da apresentação dos resultados do programa, haverá avaliação da safrinha atual e a realização de colheitas demonstrativas.

O objetivo do programa é divulgar as vantagens do plantio da safrinha e incentivar a prática de diversificação da propriedade. O cultivo nas áreas onde foi colhido o tabaco reduz os custos de produção dos grãos, pois ocorre o aproveitamento residual da adubação. Consequentemente, pode haver redução de custo na produção de proteína (carne, leite e ovos), com a utilização do milho da safrinha no trato animal. Outras vantagens são a proteção do solo da erosão e o estancamento da proliferação de pragas e ervas daninhas. 

Conforme o presidente do Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco (SindiTabaco), Iro Schünke, o aproveitamento racional da propriedade é uma alternativa que deve ser incentivada dentro  das ações pela sustentabilidade. "Além de colher mais alimentos para a família e economizar na alimentação dos animais, pode haver geração de renda extra com a venda do excedente da produção", acrescenta. "A indústria entende que o produtor deve ter opções de renda e tem incentivado essa prática desde os anos 70, com o reflorestamento, e a partir de 1985, com o cultivo de grãos para o consumo próprio ou que sirvam como insumos para produtos pecuários", explica.

O PROGRAMA - Conduzido pelo SindiTabaco, o Programa Milho e Feijão reúne a ação da estrutura de campo das empresas associadas e de técnicos das entidades apoiadoras, que oferecem assistência técnica e capacitação de produtores. São parceiros os governos dos estados de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná, a Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra), a Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul (Fetag-RS), a Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul (Farsul), a Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Santa Catariana (Fetaesc), a Federação da Agricultura do Estado de Santa Catarina (Faesc), o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), a Federação da Agricultura do Estado do Paraná (Faep) e a Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado Paraná (Fetaep). 

AGENDA
- 26/04 - Dia de Campo em Linha Tangerinas, Venâncio Aires (RS), na propriedade de Claudiomar Gregori - início às 10h30
- 04/05 - Dia de Campo em Salto da Água Verde, Canoinhas (SC), na propriedade de Claudinei Vardenski - início às 10h30
- 17/05 - Dia de Campo em Colônia Scheifer, Ipiranga (PR), na propriedade de Edenilson Scheifer - início às 10h30
  • Comente
  • Comente no Facebook

0 comentários:

Item Reviewed: Resultados do Programa Milho e Feijão serão apresentados em eventos de início da colheita Rating: 5 Reviewed By: Ricardo Moura